domingo, 5 de setembro de 2010

INTERESSANTE

À espera do tombamento

O bairro paulistano da Mooca pode ter seu sotaque tombado


Para que parte do linguajar com influência italiana não se perca com o tempo, o vereador de São Paulo Juscelino Gadelha (PSDB), que foi do Compresp, apresentou um projeto de lei, no final de 2009, que visa tombar o sotaque da Mooca, fundada em 1556 e palco de colonização italiana no início do século 20.

- O sotaque, fui criado na Mooca (nasceu no Estado de Mato Grosso) e tenho o sotaque até hoje, é uma das identidades de quem mora na Mooca e espalhou-se por toda a cidade. Hoje, o paulistano carrega esse sotaque. Por exemplo, a expressão "ô meu!", "fala belo!" ou mesmo "me dá dois pastel e um chopps". Certamente, esse linguajar não desaparecerá pois a quarta geração dos descendentes de italianos ainda carrega muito no sotaque, mas o processo de verticalização do bairro trouxe pessoas de outros locais e representa uma ameaça direta à identidade local, não só do ponto de vista urbanístico, mas também toda uma vertente da memória histórica da Mooca, em especial o sotaque - analisa Gadelha que, em 2007, já havia solicitado o tombamento da Festa de San Gennaro, tradicional no bairro.

Caso o projeto seja aprovado, o sotaque será preservado em gravações e transcrições e esse será o primeiro bem imaterial tombado na cidade. Há atualmente 15 no país, como acarajé, capoeira, Festa do Divino Espírito Santo de Goiás, frevo de Olinda e a voz do intérprete da escola de samba Mangueira, Jamelão.

- O cotidiano do paulistano antigo morador da Mooca foi muito bem ilustrado e imortalizado na voz de Adoniran Barbosa e dos Demônios da Garoa. Porém, é visitar o tradicional bairro, basta adentrar em estabelecimentos comerciais mais antigos ou pedir uma informação na rua, que o sotaque aparece naturalmente e você percebe aquela fala cantada - finaliza Gadelha.

fonte:UOL Lingua Portuguesa

6 comentários:

Fátima disse...

Oi,Vera:
Boa noticia esta.
Mas, o queijo mineiro e os sinos das igrejas de São João Del Rei também são considerados bens imaterais, daqui das Minas Gerais.
A reportagem esqueceu de citar isto.E os doces mineiros também devem entrar na lista.
Beijos.

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Passei para ver as novidades

e desejar bom fim de semana.

Bjs

na sarje disse...

muito bom esse espaço, sobrepondo e expondo doces linguajares.
convido tambem para visitar um outro espaço poético, o http://www.nasarje.blogspot.com/ e se possível deixe algum comentário por lá. abraços e até.
koisan uchoà, na sarje.

Prof.: JOSÉ CARLOS disse...

Por me sentir lisonjeado, com suas palavras e ainda por cima ter você como seguidor@ do meu blog é uma honra, é que posto este pensamento da minha poeta preferida. e deixo a tod@s seguidor@s do seu blog.
"Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina".
Cora Coralina
Prof. José Carlos
http://projetosead.blogspot.com

Teuvo Vehkalahti disse...

Greetings from Finland. This blog is a fun, through access to other countries, people, culture and nature. Come see Teuvo pictures on my blog. Tell your friends why he must visit Teuvo pictures on my blog. Therefore, to obtain your country's flag rise higher Teuvo blog pictures of the flag collection. Have a wonderful weeke Teuvo Vehkalahti Finland

João Ludugero disse...

Se puder, dê uma passada lá no meu site. Se gostar, e puder me adicionar. Felicidades, hoje e sempre. Hiper abraço,
João.
www.ludugero.blogspot.com